No Blog da Astra você encontra ótimas Dicas para Decoração, Organização de Casa, Faça Você Mesmo e muito mais | Clique e Saiba Mais!

Você está lendo

Plantas pendentes na decoração: saiba como usá-la em casa

No Blog da Astra você encontra ótimas Dicas para Decoração, Organização de Casa, Faça Você Mesmo e muito mais | Clique e Saiba Mais!

Como decorar?

Plantas pendentes na decoração: saiba como usá-la em casa

Tempo de Leitura: 7 minutos

Investir na decoração é uma maneira de dar um toque especial e pessoal ao seu lar, tornando-o único, encantador e aconchegante 

Três espécies de plantas pendentes estão sustentadas em suportes no teto de uma sala de paredes brancas.
(Foto: Reprodução/Pinterest)

Utilizar plantas na decoração de ambientes é uma boa opção para quem deseja deixar a casa com aspecto aconchegante, sem perder o ar de beleza e sofisticação. 

É possível utilizar diversas espécies para deixar os cômodos parecidos com uma pequena “urban jungle” (“selva urbana”, em português) . As plantas pendentes, por exemplo, possuem efeito cascata e são as mais famosas quando o assunto é decoração simples com um toque de verde e delicadeza.

Além da beleza e simplicidade, esse tipo de planta traz textura e leveza para áreas internas e externas. Elas são fáceis de encontrar e dão um bom destaque para o ambiente. 

Quer aderir à decoração com plantas pendentes, mas não sabe por onde começar? Não se preocupe! 

Separamos algumas dicas de espécies de plantas pendentes, os cuidados necessários com cada uma delas e inspirações de como usá-las na decoração. Confira a seguir!

O que avaliar na hora de escolher as plantas pendentes?

Uma sala de paredes brancas está toda decorada com plantas de chão e plantas pendentes. Nela também há um sofá de couro marrom encostado na parede do canto esquerdo, uma balança de tecido de rede branca e algumas prateleiras no canto direito, na qual há mais plantas.
Colocar as plantas de sol perto de uma janela que recebe bastante luz é uma boa opção para mantê-las bem bonitas.

Para escolher as melhores plantas pendentes para a decoração da sua casa, primeiro você deve considerar alguns fatores. Então, preste atenção à localização, luminosidade do cômodo, clima e se essa planta é de sol ou de sombra.

As espécies de sol, como o próprio nome anuncia, precisam de bastante incidência solar para se desenvolverem de forma saudável. Por isso, o ideal é colocá-las em áreas externas, como varanda, quintal e outros ambientes que recebem bastante luz. 

Já as plantas de sombra não precisam ficar tão expostas ao sol. Não é à toa que elas são mais usadas no interior das casas e apartamentos. 

Também é muito importante observar a iluminação dos ambientes e as entradas de ar. Essa atitude é fundamental não apenas para as plantas, mas para aproveitar a luz natural e manter os cômodos bem arejados.

Se a sua casa não é tão iluminada ou ventilada e isso te incomoda, uma boa opção é substituir as portas e janelas de alguns cômodos. Em nosso site você encontra diversos modelos, assim você pode escolher o melhor para deixar seu lar mais bonito e iluminado para as plantinhas.

Cinco espécies comuns de plantas pendentes

Já escolheu o local da sua casa que vai receber a decoração com plantas, mas não sabe quais espécies escolher? Separamos algumas opções de plantas pendentes de sol e de sombra para você usar na decoração: 

1. Suculenta dedo-de-moça

Suculenta dedo-de-moça em um vaso branco com suporte sobre uma mesa com outras plantas.
As suculentas dedo-de-moça fazem sucesso por suas folhas volumosas.
(Foto: Reprodução/Casa Vogue)

A suculenta dedo-de-moça é uma planta de sol. Ela possui pequenas folhas verdes cheias de água que crescem em forma de cascata e é muito procurada por causa de sua beleza.

Quem não quer ter muito trabalho para cuidar das plantas pendentes, pode apostar nessa espécie! Para que a suculenta não fique com aspecto de murcha, basta deixá-la exposta ao sol durante o dia, ou por meio período, e regá-la regularmente. 

Embora seja uma planta de sol, ela é resistente ao frio e ao calor. Então, são ótimas para compor a decoração em qualquer período do ano.

2. Barba-de-Moisés

Em fundo de madeiras, a barba de Moisés está em um vaso marrom sustentado por um suporte.
Barba-de-Moisés é um dos muitos nomes dessa planta que precisa de bastante atenção.
(Foto: Reprodução/pitanga.floricultura)

Barba-de-Moisés, Lágrimas de bebê ou Planta da sorte são alguns dos nomes usados para denominar essa espécie de folhas pequenas e redondas. 

Apesar de ser uma planta de sol, é indicado expor a Barba-de-Moisés por apenas meio período à luz solar. Também é fundamental cultivá-la em solo rico em matéria orgânica e regá-la cuidadosamente. 

Na decoração, ela pode ser usada de duas maneiras: rasteira, que cobre o solo, ou pendente, com aspecto de cascata. 

3. Samambaia

Uma samambaia instalada em uma parede com tijolos aparece na imagem.
A samambaia é uma das plantas mais conhecidas e usadas na decoração.
(Foto: Reprodução/Casa e Jardim)

Bastante conhecida por ser a planta da casa de avó, a samambaia se tornou uma tendência em decorações com plantas pendentes. 

Como essa é uma espécie de sombra, ela é uma boa opção para utilizar no interior das residências. 

Para cuidar da samambaia, você deve manter o solo úmido com substrato de matéria orgânica. Também é importante fazer podas regulares para mantê-la bonita e saudável.

Ótima para jardins verticais, a samambaia possui folhagem densa com tons de verde-claro.  

4. Jiboia

Sobre um balcão branco e ao lado de velas, a jiboia transborda o vaso preto com apoiador.
A Jiboia encanta com as suas folhas em diferentes tons de verde.
(Foto: Reprodução/Casa e Jardim)

Clássica, a Jiboia também é uma planta pendente de sombra bastante popular nos lares brasileiros. Se você está buscando por uma espécie para manter suspensa, essa é perfeita!

Ela tem galhos e folhas que tendem a exceder os limites do vaso, por isso é excelente para incluir na decoração com plantas pendentes. Além disso, você pode usá-la como planta trepadeira, basta direcionar os galhos dela.  

Mesmo sendo uma planta de sombra, a Jiboia não deve ser mantida em ambientes muito frios ou com ar condicionado. 

Para deixá-la saudável, também é essencial fazer podas regulares e cultivar o solo com substrato rico em matéria orgânica.

5. Flor-de-cera

Flor-de-cera branca com miolo rosa, com galhos e folhas abundantes.
 A Flor-de-cera chama atenção por suas flores em formato de buquê.
(Foto: Reprodução/Coisas da Roça)

A Flor-de-cera é uma planta pendente que possui flores pequenas em formato de estrela. Elas formam buquês e possuem folhas carnosas e espessas. Essa espécie é bem perfumada e, como o nome diz, possui aspecto ceroso. 

Assim como a Jiboia, essa espécie também pode ser disposta como planta trepadeira. Para usá-la como planta pendente, basta cultivá-la em pequenos suportes

Para mantê-las bonitas, é necessário deixá-las no sol por meio período e manter o solo sempre úmido. Além disso, durante a primavera é indispensável adubá-las todo mês, para ajudar na florada. 

Como cuidar das plantas pendentes 

Deu para notar que cultivar plantas pendentes é simples, mas exige alguns cuidados e esforços, né? 

Por esse motivo, é importante estar sempre atento às regas, podas e ao cultivo. Lembre-se também de observar a quantidade de sol que estão recebendo e se essas plantas necessitam de substrato ou algum outro nutriente. 

Se você quer usar nutrientes naturais, a compostagem é uma prática bem útil. Essa técnica transforma o lixo orgânico em um adubo rico

Então, além de ajudar no desenvolvimento das suas plantas, ela contribui positivamente para o meio ambiente, pois é uma forma ecológica de decomposição.

Para cuidar corretamente das plantas usadas na decoração, é fundamental saber um pouco sobre jardinagem e ter as ferramentas necessárias.

Pensando nisso, aqui na Astra fabricamos diversos utensílios de jardinagem. Em nosso site você encontra regadores, lixeiras e outros acessórios que vão facilitar a sua rotina de cuidados com as plantas.

Mãos com luvas seguram material orgânico acima de um balde com terra.
Adubo obtido através da compostagem ajuda a cultivar plantas em casa.

Dicas de decoração com plantas pendentes 

Existem muitas espécies de plantas pendentes que podem ser usadas na decoração. Por esse motivo, é preciso analisar o seu ambiente para escolher a que mais combina com você.

Você pode dispor as plantas em varandas, banheiros, cozinhas, salas de estar e quartos. A ideia é deixar o espaço mais aconchegante e vivo.

Jardim vertical com várias espécies de plantas em uma varanda com alguns assentos e proteção de vidro.
Os jardins verticais tornaram-se uma referência no mundo da decoração.
(Foto: Reprodução/Elo7)

Para quem tem pouco espaço, os jardins verticais são ótimas soluções. Esse tipo de decoração vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, pois permite criar áreas verdes em ambientes mais compactos de maneira bem fácil. 

A instalação é feita com um espaçador para evitar infiltrações, uma chapa ecológica que serve como barreira impermeável e pedaços de feltro para encaixar aparadores e mudas.

Várias plantas dispostas em prateleiras brancas fixadas em uma parede clara com aparência de cimento queimado.
Prateleiras e nichos ajudam a organizar e evidenciar as plantas com efeito cascata.

Você também pode colocar suas plantas pendentes em prateleiras e nichos. A escolha das cores em contraste com o verde, como amarelo e roxo, trazem um toque de vida ao ambiente e nisso podemos te ajudar!

Em nossa loja virtual, você encontra diversos modelos de prateleiras. Então, é possível escolher o tamanho e a cor que mais combina com a sua casa. 

Decks, varandas e jardins de inverno já possuem um charme por si só. Por isso, vale a pena investir na decoração com plantas nesses ambientes. 

Usar plantas para decorar parece uma proposta simples. Porém, é uma opção elegante, sustentável e, ao mesmo tempo, moderna.

Tudo depende das escolhas para o seu ambiente. Se você busca uma estética mais minimalista e clean, ou algo com mais cores e informações, existem várias formas de dispor as suas plantas pendentes. 

Lembre-se de analisar o ambiente considerando os cuidados com as plantinhas. Depois disso, é só montar a composição do seu lar do jeito que preferir.

Gostou do conteúdo e quer mais dicas de decoração? Conheça os sete estilos mais comuns de decoração de interiores


Seis dicas para a maquiagem perfeita Como usar a decoração com nichos no banheiro