Tempo de Leitura: 5 minutos

Contratempo aumenta o valor da conta e tem impactos ambientais

Ter um vazamento de água em casa é um daqueles problemas que ninguém deseja, mas pode acontecer. Nesses casos, é extremamente importante prestar atenção a alguns detalhes para solucionar o contratempo.

De acordo com a Sabesp, um pequeno furo de 2 mm pode desperdiçar cerca de 3,2 mil litros de água em apenas um dia.

E o aumento do valor da sua conta de água é o primeiro sinal de que há algum vazamento. Porém, esse problema não afeta apenas o seu bolso, pois também pode causar impactos ambientais e estruturais na sua residência

Portanto, é fundamental identificar os vazamentos o mais rápido possível.

É possível encontrar vazamentos em canos abastecidos pela caixa d’água e nos alimentados diretamente pela companhia de saneamento. 

Também é capaz que existam vazamentos no reservatório, no encanamento embutido na parede, vaso sanitário, chuveiros e em torneiras.

Para te ajudar a encontrar o problema e solucioná-lo, separamos algumas dicas. Acompanhe a seguir!

1. Preste atenção ao hidrômetro

Uma das formas de identificar se há algum vazamento de água na sua casa é observando o hidrômetro. 

Feche todas as torneiras, chuveiros e desligue os aparelhos que utilizam água. Porém, mantenha abertos os registros internos da casa e o da caixa d’água. 

Com isso feito, vá até o seu hidrômetro e anote o número exibido e a posição do ponteiro. Para realizar o teste, feche o registro do cavalete aberto. 

Deixe as torneiras e equipamentos que utilizam água fechados por uma hora. Após isso, verifique se o número e o ponteiro do hidrômetro mudaram.

Se houver alguma alteração no hidrômetro, há algum vazamento de água na casa e será necessário investigar onde está o problema.

2. Observe a tubulação abastecida pela distribuidora de água 

Pode ser que o vazamento de água esteja na tubulação abastecida diretamente pela distribuidora. 

Para identificar se esse é o caso da sua residência, encha um copo com água, feche o registro da parede e abra uma torneira alimentada pela companhia de saneamento. 

Espere a água parar de sair e coloque o copo na boca da torneira. Se a água for sugada, há vazamento na rede e um encanador deve resolver o problema.

3. Verifique a caixa d‘água

Também é possível que o problema esteja na caixa d’água da sua casa. Isso acontece devido a defeitos na estrutura ou na torneira de boia. 

Além disso, os canos abastecidos pelo reservatório podem apresentar defeitos. Para identificar exatamente o que está ocasionando o vazamento, é fundamental realizar alguns testes

Falha na torneira de boia

Em um dia de sol, observe se o telhado da sua casa apresenta partes molhadas. Esse é um sinal de que a torneira de boia está com defeito e faz a água vazar pelo extravasor da caixa, conhecido popularmente como ladrão. 

Nesse caso, a solução é bem simples, basta substituir a torneira de boia por uma nova

Mas claro, antes de comprá-la, é importante observar algumas características do produto e da sua casa.

Os modelos convencionais comercializados na Astra, por exemplo, são recomendados para pressões de trabalho entre 2 e 100 m.c.a e estão disponíveis em hastes em alumínio ou latão.

Além dessas, também existem torneiras de boia de alta vazão, que permitem o enchimento mais rápido. Por isso, essas são recomendadas para reservatórios maiores ou para regiões que apresentam inconstâncias no abastecimento de água, dessa forma a caixa d’água será abastecida mais rapidamente.

O modelo comercializado aqui na Astra possui regulagem de nível e a haste é fabricada em aço inox. 

Para não errar na escolha, observe também a medida da flange da caixa d’água. Assim você consegue comprar a torneira de boia com o encaixe ideal,  de ¾, ½ ou 1”.    

A instalação da nova torneira de boia é bem simples. Feche o registro da caixa d’água e remova a antiga. Em seguida, passe a fita veda-rosca no encaixe da torneira e rosqueie na flange da caixa.

Depois disso, ligue o registro da caixa e verifique se o produto está funcionando. Se for possível, regule o nível da água na boia para evitar vazamentos.  

Rachaduras na caixa

Rachaduras e furos no material da caixa, mesmo que pequenos, ocasionam o desperdício de água e você pode não perceber que esse é o motivo do vazamento. 

Para descobrir se esse é o problema, observe a área perto do reservatório e veja se há um pouco de água perto dela.  Nesse caso, será necessário fazer o reparo ou substituir o reservatório, dependendo do grau da danificação.

Vazamentos na tubulação alimentada pela caixa d’água

O vazamento de água também pode estar em alguma tubulação alimentada pela caixa d’água. Para verificar se isso está acontecendo na sua casa, deixe o registro do hidrômetro aberto, feche o do reservatório e a torneira de boia. 

Após isso, utilize um giz para marcar o nível do reservatório. Mantenha o registro fechado por duas horas e cheque se o nível de água baixou. 

Caso isso ocorra, é sinal de que existem vazamentos nos canos alimentados pela caixa d’água, como o do vaso sanitário, chuveiros ou torneiras. Assim, é importante procurar onde está o problema para realizar o conserto.

E para evitar que impurezas danifiquem a tubulação futuramente, vale instalar um filtro da Astra no cavalete ou na torneira de boia do reservatório. O produto também ajuda a manter a limpeza da caixa d’água.

4. Cheque as torneiras e chuveiros 

É possível que o vazamento esteja em torneiras e chuveiros pingando. 

Uma torneira gotejando constantemente pode gastar 46 litros de água em um dia. Por isso, é importante arrumá-la rapidamente. 

Verifique se todos os chuveiros e torneiras estão fechados corretamente. Se mesmo assim a água estiver gotejando, o problema pode estar no registro deles. 

A solução é trocar a torneira antiga por uma nova ou substituir o registro do chuveiro.

5. Veja se o vazamento não está no vaso sanitário 

A válvula de parede ou a caixa de descarga também podem apresentar defeitos e ocasionar o desperdício de água.

Se você desconfia que esse é o problema da sua casa, coloque um pouco de borra de café no vaso sanitário e aguarde dez minutos. Se a borra continuar no fundo da louça, está tudo certo com a descarga.

Porém, se o café espalhar e boiar, há vazamento. Para consertá-lo é importante fazer a manutenção da válvula na parede ou na caixa acoplada.

Em ambos os casos, a solução é fácil: basta trocar o cartucho da válvula ou as peças da caixa acoplada

6. Procure paredes com manchas ou mofo

Identificar vazamentos na tubulação embutida na parede é um pouco mais complicado. Porém, manchas ou mofo na residência ajudam a encontrá-los.

Se você observar isso em casa e quiser confirmar que o problema está ali, pode bater nas paredes para notar se o som de alguma parte está diferente, o que é um sinal de vazamento. 

Nesses casos, será necessário fazer uma reforma no banheiro, cozinha ou em outros ambientes onde você identificou o problema. 

Gostou do conteúdo e quer comprar os melhores produtos de hidráulica para evitar vazamentos em sua casa? Acesse nossa loja e encontre o que precisa!