No Blog da Astra você encontra ótimas Dicas para Decoração, Organização de Casa, Faça Você Mesmo e muito mais | Clique e Saiba Mais!

Você está lendo

Como instalar chuveiro? Veja o passo a passo para não errar!

No Blog da Astra você encontra ótimas Dicas para Decoração, Organização de Casa, Faça Você Mesmo e muito mais | Clique e Saiba Mais!

Fica a dica

Como instalar chuveiro? Veja o passo a passo para não errar!

Tempo de Leitura: 5 minutos

Para o aparelho funcionar perfeitamente, é importante prestar atenção na hora de comprar e instalar a ducha

Uma ducha da Astra branca aparece em um banheiro com azulejos quadriculados cinzas. Ela representa como instalar chuveiro.

Instalar um chuveiro parece uma tarefa simples e rápida, né? Porém, a urgência em trocá-lo pode causar problemas e aumentar a dor de cabeça.

É preciso muita cautela e atenção para garantir o bom funcionamento do aparelho e sua segurança. Por isso, escolher corretamente alguns itens como disjuntor, resistência e cabos, é uma etapa essencial.  

Se você ainda não sabe como instalar o chuveiro, não precisa se preocupar. Neste artigo, separamos algumas dicas para você substituir aquela ducha que não esquenta direito ou queima constantemente. Acompanhe a seguir!

Primeiro, escolha o modelo compatível com a sua casa

Antes de instalar qualquer chuveiro, é importante saber escolher o modelo ideal para sua casa. O banho é um momento de relaxar e cuidar de si mesmo (mas sendo consciente no uso e economizando água, sempre). Logo, conforto e bem-estar devem ser considerados na hora de comprar a ducha. 

Existem diversos modelos disponíveis no mercado, com três, quatro ou mais temperaturas. Aqui na Astra, por exemplo, você encontra várias opções de chuveiros elétricos que se encaixam perfeitamente no seu dia a dia. 
Temos desde os mais acessíveis, como a Astra Ducha, até os mais potentes, como a Divina Ducha Plus. Porém, antes de decidir comprar o modelo mais forte, você deve se atentar a alguns pontos:

Um chuveiro branco da Astra está instalado em um banheiro com revestimento quadriculado branco. Na foto, ele aparece aberto e é possível ver a água saindo do aparelho.
O chuveiro, além de atender as especificidades da casa, também deve trazer conforto e bem-estar.

Potência e pressão

Nos dias frios do inverno, a hora do banho pode se tornar bem ruim para algumas pessoas. Ainda mais se o chuveiro é daqueles que derrama só algumas gotas aqui e ali, ou se não esquenta o suficiente. Não é mesmo?! 

Para evitar que isso ocorra, prestar bastante atenção no espalhador (crivo) e no jato de água é muito importante. Isso porque são eles que delimitam a área de alcance para o banho. 

Um chuveiro com espalhador amplo e jato bem direcionado, por exemplo, permite que a água seja melhor distribuída. Assim, você não precisa encontrar posições especificas para tomar banho. 

Além disso, é fundamental verificar se o seu imóvel possui boa pressão de água. Caso contrário, o ideal é investir em chuveiros com pressurizador, pois eles ajudam a deixar o jato mais forte, deixando o banho mais agradável.

Outro ponto interessante para considerar são as regulagens de temperatura da ducha. A potência (Watts) é o que vai determinar a capacidade de aquecimento da água. As opções vão de 3.200 W a 7.800 W e quanto mais Watts, mais ele esquentará.

Tensão elétrica

Saber a tensão de alimentação do local de instalação é o primeiro fator a ser considerado na compra do seu chuveiro. Isso porque a incompatibilidade pode acarretar o mau funcionamento do chuveiro e até queimá-lo.

A tensão depende da concessionária ou da instalação da residência, mas para descobrir se você precisa de um chuveiro de 127V ou de 220V, o uso do multímetro é a solução. Esse aparelho possui várias escalas e cabos para medição.

Uma caixa e tubo amarelos, com fios vermelho, verde e azul aparece embutida em uma parede de tijolos.
Fatores como potência, tensão e corrente elétrica devem receber bastante atenção durante a instalação do chuveiro.

Disjuntor

A função do disjuntor é proteger a instalação elétrica de possíveis danos, como curto-circuito ou sobrecargas de corrente. Por isso, a escolha do disjuntor é imprescindível para a instalação do chuveiro, pois nesses casos o disjuntor desarma e interrompe o circuito. 

O mau dimensionamento do disjuntor leva o equipamento a desarmar desnecessariamente. Então, é importante avaliar a curvatura e a compatibilidade entre a corrente do disjuntor e do chuveiro

O valor da corrente máxima do chuveiro determina o valor do disjuntor. Essa informação pode ser encontrada na embalagem ou no manual de instruções do fabricante do chuveiro.

Além do disjuntor, também é necessário instalar um dispositivo DR. Esse aparelho, juntamente ao disjuntor, deve ser exclusivo para o chuveiro.

Cabos

Um condutor mal dimensionado, assim como o disjuntor, pode colocar sua segurança em risco. 

Isso porque o cabo mal dimensionado pode derreter. Além disso, se for usado de forma incorreta no disjuntor, ele pode ocasionar acidentes mais graves. 

Para dimensionar corretamente os cabos, é preciso medir a distância entre o quadro de distribuição de circuitos e o ponto de instalação do chuveiro. Não esqueça de verificar a corrente exigida pelo chuveiro, hein!

Os fabricantes costumam divulgar qual a bitola do fio necessário para cada ducha. Se o cabo da sua casa possui seção menor que a determinada pelo fabricante, é recomendado trocá-lo. Mas lembre-se que isso deve ser feito por um eletricista, combinado?

Dicas para instalar o chuveiro corretamente

Chuveiro branco da Astra, instalado em uma parede branca.
Com atenção e seguindo as instruções, instalar o chuveiro pode ser uma tarefa tranquila.

Para te ajudar a instalar o chuveiro corretamente e evitar problemas, separamos um passo a passo. Confira!

1. Separe as ferramentas necessárias para instalar chuveiro

Na hora de instalar o chuveiro, você vai precisar de algumas ferramentas. Para não ter que interromper a instalação e buscar algum item que esqueceu, listamos todas elas:

  • Fita veda rosca.
  • Chave Phillips.
  • Chave de fenda.
  • Chave de teste.
  • Fita isolante.
  • Alicate.
  • Escada.
  • Ducha.
  • Mangueira.
  • Braço para chuveiro.
  • Suporte para mangueira.
  • Redutor de pressão.

2. Desligue a corrente elétrica ou o disjuntor

O primeiro passo para instalar um novo chuveiro é ir até o relógio, ou quadro de distribuição, e desligar o disjuntor geral ou o do próprio banheiro. Essa etapa é fundamental para evitar acidentes elétricos. 

Para certificar que o circuito está desenergizado, você pode utilizar uma chave de teste. Após isso, peça para que as pessoas do local não religuem o quadro durante a instalação.

3. Instale o chuveiro no cano

Para iniciar a instalação, comece montando o chuveiro que você escolheu seguindo as dicas anteriores.

Faça o encaixe do cano no corpo do chuveiro e passe a fita veda rosca para evitar os vazamentos. Em seguida, use a fita veda rosca para encaixar o corpo ao braço do chuveiro. Por fim, também passe a fita nos canos do braço antes de instalar na parede.

4. Se necessário, instale um redutor de pressão

O redutor de pressão é um pequeno objeto que parece um disco e vem na embalagem do chuveiro. A instalação dele não é obrigatória e depende da pressão da água do ambiente.

Se a sua casa tem muita pressão, você deverá colocar um redutor na entrada de água do chuveiro, antes de ligá-lo ao braço. Essa atitude evita que a alta pressão danifique o aparelho.

5. Faça a conexão elétrica

Essa etapa é bastante importante e requer muita atenção. Inicialmente, verifique se a potência do chuveiro é compatível com os demais equipamentos. Também é importante se certificar sobre o aterramento do fio terra. 

Para facilitar a instalação da parte elétrica, você pode usar conectores de cerâmica ou porcelana. Porém, também é possível fazer a conexão com fita isolante, vedando bem os fios.

Com o auxílio do alicate, desencape os cabos do chuveiro e da alimentação. Após isso, conecte os cabos do chuveiro e da alimentação elétrica aos parafusos do conector. Para fixá-los, use a chave Phillips.

6. Faça o acabamento

Depois de tudo instalado, proteja os fios da umidade. Também instale a mangueira e seu suporte. 

Para conferir se tudo está funcionando perfeitamente, ligue o disjuntor. Em seguida, abra o registro do chuveiro na temperatura gelada por um tempo e veja se a água está saindo como deveria.  

Após isso, desligue o chuveiro, ajuste a temperatura e religue para verificar se a água está esquentando. Se você seguiu todos os passos corretamente, o banho quentinho está à sua espera!

Bom, depois de todo esse trabalho você merece desfrutar um banho gostoso e quentinho para relaxar. Aproveite o momento e descubra os benefícios do banho de imersão!

Gostou do conteúdo e quer garantir um chuveiro novo? Acesse nossa loja e escolha a melhor ducha elétrica para sua casa!

Seis dicas para a maquiagem perfeita Como usar a decoração com nichos no banheiro