No Blog da Astra você encontra ótimas Dicas para Decoração, Organização de Casa, Faça Você Mesmo e muito mais | Clique e Saiba Mais!

Você está lendo

Cuidados com casa de temporada: confira dicas de como manter o local preservado

No Blog da Astra você encontra ótimas Dicas para Decoração, Organização de Casa, Faça Você Mesmo e muito mais | Clique e Saiba Mais!

Fica a dica

Cuidados com casa de temporada: confira dicas de como manter o local preservado

Tempo de Leitura: 6 minutos

Com algumas medida simples e cuidados adequados é possível evitar grandes problemas no futuro

Casa de 2 andares, verde com telhado, à frente um muro com portão branco.

Alugar – ou mesmo adquirir – casas e apartamentos para temporada tem se tornado uma opção para os brasileiros, seja para passar o final de semana prolongado, ou para gerar aquela renda extra.

Segundo informações publicadas em sites de notícias como o Uol, aplicativos de imóveis têm registrado um aumento de busca em mais de 100%, durante o isolamento social. Aqui é possível visualizar o potencial desse mercado. Fica a dica!

Por serem residências de veraneio, esses imóveis acabam ficando muito tempo fechados e sem receber visitantes, mas nem por isso deve-se negligenciar a manutenção do local, hein.

Muito pelo contrário, a manutenção preventiva é imprescindível para que, quando o imóvel for ocupado novamente, não se encontre nenhuma surpresa desagradável que atrapalhe seu uso.  

A seguir, você confere um artigo com dicas de como manter o ambiente em boas condições durante a baixa temporada e evitar problemas futuros.

Umidade e mofo

Por ficarem muito tempo fechados, a circulação de ar diminui e isso, consequentemente, pode propiciar o surgimento de mofo devido ao aumento da umidade nos cômodos.

O bolor causado por essa situação, não é só visualmente desagradável, ele também pode ser prejudicial à saúde. A dica aqui é, assim que chegar ao imovel, abra as portas e janelas e deixe o ar circular por bastante tempo. 

Para amenizar as manchas que podem aparecer, dilua água sanitária e borrife no local. O bolor pode até não desaparecer totalmente, ficando apenas um aspecto amarelado, mas ao menos serem evitados possíveis danos aos futuros residentes. 

Telas de proteção

Outro item importante são as telas de proteção, que trazem segurança para os visitantes e pets, caso haja algum. Elas são imprescindíveis não só em apartamentos, onde mantêm a segurança em locais mais altos, mas também em casas com mais de um andar, por exemplo.

Usá-las evitará que possíveis situações perigosas ocorram, como quedas, ou que objetos caiam acidentalmente e acertem pessoas nos andares abaixo.

Outro tipo indicado são as telas anti-inseto, ideais principalmente com a chegada do verão. Elas servem de barreira para a entrada de insetos e outros tipos de pragas, muito comuns em ambientes que estão com clima quente e úmido.

Manutenção da caixa d’água

Outro item que requer manutenção após um longo tempo parado é a caixa d’água. Por não haver o uso e o reabastecimento da água, o reservatório das casas de temporada costuma ser foco de proliferação de fungos e bactérias, já que o cloro presente pode perder sua ação com o tempo.

Isso é ainda agravado caso o reservatório não possua filtro para retenção de impurezas. Neste caso, se houver a instalação da peça, recomenda-se a troca periódica do refil

Para evitar esse problema, é importante sempre verificar a caixa antes de começar a usar a água. Também é recomendado que seja feita a manutenção e limpeza a cada seis meses. Confira no Blog Astra um artigo com dicas para manter os cuidados básicos! 

caixa d'água azul, em cima do que aparenta ser uma laje, ao fundo uma vista serrana.
É importante realizar a limpeza da caixa d’ água depois de um longo período parada.

Faça dedetização

Além da instalação de telas, outro cuidado muito importante para evitar pragas em residências, é a dedetização. Seja da parte externa, como jardins e garagens, quanto na parte interna, englobando cômodos e tubulações. 

Os locais de temporada são muito propícios a esse tipo de problema, já que geralmente ficam envoltos pela natureza ou em regiões de clima mais quente e úmido. Então, o ideal é contratar uma empresa especializada que faça esse processo periodicamente.

Caso você não consiga desembolsar, no momento, um investimento mais alto, vale também a aquisição de produtos específicos para evitar insetos e pragas. Mas lembre-se de seguir sempre as instruções de aplicação e manuseio do mesmo! 

As visitas indesejadas não se limitam apenas a insetos, hein! Providenciar a desratização também é importante para garantir um local livre de roedores. Fica a dica!

Armários

Devido a falta de circulação de ar, os armários também são outros espaços que podem ficar com cheiro ruim e gerar bolor. Se não tiver cuidado, esse problema pode se agravar ao ponto de danificar o móvel.

Para evitar essa situação, uma dica caseira é passar vinagre branco no local. Isso pode ajudar! Basta umedecer um pano ou uma bucha com o líquido e passar em seu interior.

Outra opção interessante é adquirir um produto feito de material que não se deteriora com a ação do tempo. A dica é optar por gabinetes feitos de plástico, ideais para lugares com maresia ou com umidade mais alta, pois não empenam ou enferrujam, por exemplo.

A Astra oferece diversos modelos de fácil instalação e que também podem ser usados externamente. Confira!

Quarto com duas camas de solteiro, ambas com lençol creme e manta laranja clara, mais ursos de pelúcia. Entre elas um gabinete plástico branco com um vaso de flores e porta-retratos acima.
Gabinetes plásticos são duráveis e podem ser usados em diversos ambientes.

Cuidados com a mobília 

Além dos armários, também é importante dar atenção aos outros móveis. Os efeitos causados pela maresia, em caso de casas litorâneas, são inevitáveis, mas com a chegada do inverno, tomar algumas medidas antes de se ausentar do local por muito tempo são necessárias. 

Não deixar os móveis expostos externamente, mesmo aqueles próprios para isso, vai preservar o item por mais tempo.

Retirar o pó e outros resíduos, e logo em seguida cobri-los, vai evitar que fiquem manchados e cheios de poeira quando retornarem à casa. Ninguém que chegar em uma viagem já fazendo limpeza, não é mesmo?!

Cobrir não só os móveis, mas também os eletrodomésticos, com tecido de tramas – que nada mais é do que o entrelaçamento de um único fio que resulta no tecido -, ajuda a evitar os efeitos da maresia.

Ah, e até o botijão de gás pode ser englobado nesta dica, hein! Para evitar que o mesmo seja deteriorado, o ideal é utilizar capas que garantirão a proteção do reservatório. Clique aqui e aproveite para conferir também alguns cuidados necessários com seu botijão!

Fissuras e falhas na pintura dos móveis, facilitam a entrada de umidade, gerando maiores problemas no futuro, fique atento! Não se esqueça também de manter a mobília afastada da parede, para que o ar circule e ela possa “respirar”.

Estofados 

Colchões e estofados também são afetados pelo clima, e precisam de atenção especial para evitar danos que venham prejudicar a saúde.

Utilizar capas protetoras é uma boa medida de conservação desses itens, pois elas criam uma espécie de barreira protetora ao ambiente externo.

É importante lembrar de sempre passar aspirador nos estofados depois de um longo tempo sem utilizá-los. Isso ajudará a retirar o pó e sujeira acumulada, evitando a proliferação de ácaros e bactérias. Um “banho de sol”, também potencializará essa etapa!

Parede cinza com janela de alumínio, ao lado parede rosa com 3 prateleiras com diversos objetos decorativos. Encostada nas paredes, cama de solteiro com lençol branco, mais coberta e travesseiro rosas com listras creme.
É importante manter colchões e estofados cobertos quando ficar muito tempo sem uso.

Lençóis e toalhas

Normalmente, nesses locais de temporada, costumamos deixar um pequeno estoque de lençóis e toalhas para uso durante a estadia. Quando nos ausentamos por muito tempo é normal que eles fiquem com cheiro de bolor. 

Para que isso seja evitado, a dica aqui é lavar e guardá-los em sacos plásticos, para que a umidade não penetre nas peças e as deixe emboloradas. Isso é essencial!

Piscinas

A piscina é um lazer a mais em casas de temporada, porém, esse passatempo também demanda cuidados especiais. Não é só esvaziar e encher quando quiser usar, hein.  Deixá-la vazia pode prejudicar o material e causar danos irreversíveis. Fique atento!

Porém, a água parada também não é a opção ideal. O local pode se tornar um criadouro de fungos e insetos, como a dengue. O ideal é sempre fazer a manutenção periódica, junto à aplicação de cloro e produtos essenciais para limpeza da piscina.

Durante longos períodos sem uso, a dica é deixá-la em “hibernação”. Isso nada mais é do que retirar a sujeira superficial, escovar o fundo, diminuir o nível da água, aplicar algicida (para utilizar o produto correto, consulte um especialista) e, por fim, colocar uma capa impermeável sobre a piscina.


Ter um local de lazer particular para passar um tempo com a família é muito bom, mas não é uma tarefa simples. Por isso, é importante prestar atenção em todos os detalhes, para que o final de semana, ou suas férias, não seja cheia de surpresas desagradáveis por falta de cuidados preventivos. 

Esperamos que nossas dicas tenham ajudado. Para mais leituras como essa, acompanhe no Blog Astra!

Aproveite para conferir dicas de como arejar os ambientes da melhor maneira, com ventilação natural, e saiba como identificar possíveis vazamentos e as respectivas soluções para sua residência.





Seis dicas para a maquiagem perfeita Como usar a decoração com nichos no banheiro